sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Milão e a beleza da região do Lago Di Como!!


Foto:

Se você está na dúvida se inclui ou não a famosa cidade da moda e um dos mais importantes centros econômicos do país no seu roteiro de viagem, além de ser a sede de um dos times de futebol mais famosos no mundo, o Milan, onde joga o brasileiro Kaká... ai vai minha dica: EXCLUA.

A não ser que você já conheça todas as outras cidades da Itália, ou deseja fazer algo relacionado a moda e tendências, achei esta cidade pouco atraente.

Uma das vantagens de Milão, é sua localização geográfica, tornando-se assim uma base para se visitar outros países da Europa Central.

Cheguei em Milão (Itália) de trem, estava vindo da Genebra (Suíca), e pela primeira vez dentro da Europa o trem chegou com 30 minutos de atraso na estação de Milão. Logo, não deu pra esquecer "Estamos na exceção, estamos na Itália" e viva a desorganização, a sujeira, a falta de educação.

Pior que é verdade, a impressão que me ficou de Milão foi esta, de uma cidade sem lei, uma cidade suja, um terceiro mundo no meio do primeiro mundo!!!

A maior parte dos italianos fala muito alto e às vezes conseguem falar todos ao mesmo tempo e se entendem perfeitamente.

Meio de trasporte:

Uma dica importante: Não pense em ir de carro para Milão, pois o trânsito é muito pior que o de São Paulo e quase nenhum hotel tem estacionamento para o seu carro.

O aeroporto internacional de Malpensa fica localizado a 50 km de Milão.

Em Milão, o sistema de transporte público integra bondes, ônibus e metrôs. O metrô é a opção mais usada, ainda que os bondes sejam os mais atraentes para o turismo.Como em quase todos os lugares da Europa, você pode comprar os bilhetes antecipadamente e validá-los ao ingressar nos meios de transporte. Para quem ainda não sabe, se um fiscal te pegar sem bilhete ou sem um bilhete validado, será multado imediatamente.

O metrô funciona diariamente, das 6 da manhã à meia-noite. Após este horário, ônibus ou táxi.

Fuso horário: dependendo da época do ano, com ou sem horário de verão (entre junho e agosto), pode ser 3 ou 4 horas a mais em relação a Brasília.

Mas vamos lá para os pontos positivos...

Se você quer fazer compras de maquiagens, roupas etc... e dar uma olhada nas últimas tendências da moda, está no lugar certo. Um passeio pelo chamado quarteirão da moda ou quadrilátero de ouro, é bem interessante para a mulherada. Nem que for só para conferir as últimas tendências!! Tem a via Monte Napoleone a Sant´Andrea ou a della Spiga (todas na estação Montenapoleone do metrô). A loja Giancarlo Ferré fica tb nesta via. Aqui estão reunidos todos os grandes nomes da alta-costura do mundo - Dolce & Gabbana, Armani, Versace, Chanel, Louis Vuitton, La Perla, Valentino...
Tem a Rinascente também, que tem marcas famosas como Miu Miu, Marc Jacobs, Chloè, dentre várias outras.

O QUE VISITAR?
Duomo - A maior catedral gótica da Itália e a terceira maior catedral do planeta, atrás apenas da Catedral de São Pedro, no Vaticano, e da Catedral de Sevilha, na Espanha, Duomo, vale uma visita. Sua construção durou 500 anos. Em seu interior existe várias obras de arte, a estátua de São Bartolomeu carregando a própria pele é linda!!

Cemitério comunal

Castelo Sforzesco. É possível ver de perto trabalhos de Michelangelo e Da Vinci. - Piazza Castello, 8646-1404,
http://www.milanocastello.it/

Teatro Alla Scala- Um dos maiores teatros de ópera do mundo, fica localizado na Piazza della Scala, 7200-3744, http://www.teatroallascala.org/.
12h/18h (bilheteria). Museu: Corso Magenta, 71, 8942-1146. 9h/18h.

Galeria Vittorio Emanuele II, um dos primeiros e mais chiques shoppings do mundo...

Foto da galeria

SANTA MARIA DELLE GRAZIE - A maior atração desta igreja do século 15 é A Última Ceia, de Leonardo da Vinci. É preciso agendar a visita com antecedência. Piazza Santa Maria delle Grazie, 2, 8942-1146. 8h/19h.

PINACOTECA DE BRERA - Instalada num palácio do século 17, tem um bom acervo de arte medieval e renascentista italiana, com obras de artistas como Piero della Francesca, Rafael e Caravaggio. - Via Brera, 28, 722-631, http://www.brera.beniculturali.it/turali.it/. 8h30/19h15 (ter. a dom.).

Lago di Como...LINDO!!!

Tem excursões de trem de um dia para a região do lago di Como. O Lago di Como fica a uns 40 minutos de carro de Milão, e vale a pena a visita!! Lá, você sente uma paz e não se cansa de admirar as montanhas, o lago. Se localiza na Suiça Italiana.
Tem também a opção de ir de trem, ótima para quem não gosta de excursões com horário marcado.
Você pode desvendar este lago com pequenos barcos ou com os jet-ski que percorrem o lago de uma ponta a outra. Além disso, é possível chegar ao Lago di Como de avião, trem, ônibus. Próxima ao lago, a vista do Funicolare Monte San Salvatore em Lugano é muito bonita!! O lago é perfeitamente navegável, possui cerca de 400 metro sde profundidade.
Na região do Lago tem muitos cafés, restaurantes, sorveterias, além de várias lojinhas.







Para uma hospedagem em grande estilo no Lago, dê uma olhada no Casta Dica Resort.São 33 quartos e suítes à prova de som.

http://www.castadivaresort.com/it/newsletter

Fotos: site do resort (fotos acima)

Se você quer adquirir com antecedência os ingressos para igreja e para o teatro scalla, acesse o site Cenaculo Vinciano:


O site para conhecer virtualmente A Última Ceia é:http://www.cenacolovinciano.it/html/hp.htm

Já se você quer saber sobre o trasporte de trem da Itália, acesse: http://www.trenitalia.com/en/index.html

ONDE SE HOSPEDAR??

Recomendo ficar perto dos melhores pontos turísticos.
The Gray- Via San Rafaelli- 6. As diárias são a partir de 300 euros.

Hotel Cavour: É um 4 estrelas. Fica pertinho do Teatro della Scala e da Catedral da Duomo. Via Fatebenefratelli 21, 20121 Milan



Hotel Straf: localizado perto da Duomo, reservations@straf.it Tel. 39 02 805081 (Via San Raffaele, 3). http://www.straf.it/


Grand Hotel et de Milan - Este é um dos 5 estrelas mais sofisticado da cidade, onde fica o restaurante Dom Carlos (recomendado abaixo). http://www.grandhoteletdemilan.it/

ONDE COMER??
É bom lembrar que o almoço é servido do meio-dia às 3 da tarde e jantar das sete e meia às 11 da noite. E, não me pergunte o porquê, muitos restaurantes fecham no mês e agosto.

Mas se você deixar para comer mais tarde, é possível achar boas pizzarias abertas até duas da manhã. Neste caso, recomendo a famosa Di Gennaro, ao lado do Duomo, onde você mesmo pode preparar o recheio de sua pizza.

CRACCO-PECK - Peça o risoto à milanesa. - Victor Hugo, 4, 876-774. 12h30/13h30 e 19h30/20h. Cc: todos.

IL BRELLÍN - Também recomendo o risoto à milanesa. - Vicolo dei Lavandai, Navigli, 5810-1351. 19h30/22h. Cc: Ae, Mc, V.

IL LUOGO DI AIMO E NADIA - Bem conceituado e serve peixes caprichados. - Via Montecuccoli, 6, 416-886. 12h30/14h e 20h/22h (seg. a sex.), 20h/22h (sab.). Cc: todos.

SADLER - Via Ettore Troilo, 14, angolo via Conchetta, 5810-4451. 20h/22h30. Cc: todos.

Osteria Dell’ Oca Giuliva- delícia!! Sempre peço o paillard com risoto.

La Libera (estação Lanza do metrô) com excelentes saladas e pizzas crocantes. Uma refeição para duas pessoas (média de 35 euros.)

Chandelier - Bar e restaurante com decoração diferente, fica em uma rua meio escondida. Vale a pena uma visita pelo lugar!! (Via Broggi, 17, perto do Corso Buenos Aires).

Dal Bolognese - Peça as pastas frescas à bolognesa, (Piazza Repubblica 13, metrô Republica).



Foto do interior do restaurante Don Carlos.
Foto: site do hotel

Don Carlos Ristorante - Fica no luxuoso Grand Hotel et de Milan sua iluminação é à luz de velas. via Manzoni 29 - 20121 Milano. mailto:Milanoinfo@ristorantedoncarlos.it

Nobu/Armani: um delicioso restaurante japonês.

Bice- adoro, é super tradicional,  vale super a pena!!


Rinomata Gelateria - Pra mim o melhor sorvete de Milão. (O end. Ripa Porta Ticinese , Ang. V.le Gorizia)

Trussardi Alla Scala - foi premiado em 2007 como a melhor novidade do ano. (Piazza della Scala 5 ,no 1 andar).

Panino Giusto- tem filiais na cidade, e tem um panino delícia, macio, com cada recheio!!


Ah... se você é fã de massagem, recomedo a massagem ayurvédica com pedras quentes no spa do Gianfranco Ferré (Via Sant'Andrea, 15, 7601-7526, gianfrancoferre.it), em pleno Quadrilátero de Ouro. Mais o capricho sai caro (100 euros a hora).

Beijos,

Paula Gontijo

6 comentários:

Anônimo disse...

Conheci Milão e estou indo pela segunda vez brevemente, acho que como tdo na vida, qdo se tratam de experiências pessoais, para uns essas experiências são boas e para outras são ruins. Amei Milão exatamente pelo que a autora do blog a detesta, amei a atmosfera antiga e histórica do lugar, a quietude, não sei se pelo momento, um pouco antes da estação da enchurrada de turistas durante o auge do verão europeu, e duvido que a cidade fique cheia de turistas, ainda bem.Adorei a cidade, inclusive ouso até dizer que me identifiquei com o lugar sem o estresse de uma mega metrópole como Paris e ao mesmo tempo cosmopolita o bastante para ser uma cidade no roteiro de grande viagens. Há claro problemas de falta de cuidados tanto mais nos afastamos do centro costumeiro da cidadade, mas isto evidencia sua atmosfera medieval e antiga. Penso que nesses lugares a gente espera ver sair de um vão de edifícios antigos ou das masmorras do Castelo Sforzesco, um cavaleiro com suas armaduras ou roupas de batalhas , montado num cavalo , com uma espada em punho. Milão é um conto de capa e espada. Lindo...

Anônimo disse...

ola Paula. moro em milao ha 2 anos.
pq vc achou o transito aqui pior do que o de sp?? nossa...nem se compara , aqui eh MUITO mais tranquilo, ninguem fica 1 hora , 2 horas parada como acontece em SP...
alguns restaurantes fecham em agosto pq na italia agosto eh ferias coletivas nas escolas e trabalho entao quase todo mundo vai para a praia e a cidade fica meio vazia entao alguns restaurantes fecham mesmo..
como fica realmente perto da suica italiana mas geograficamente eh somente na italia.

Fotos Viviane disse...

Olá,
Bom eu até que gostei de Milão, só indico passar lá no máximo 02 dias da viagens, não tem muito pra ver não. Prefira gastar os outros dias em outro lugar.

Segue algumas dicas de Milao
http://alldicasdeviagem.blogspot.com/2012/01/dicas-de-milao-milan.html

Vivi

MegaRic4 disse...


Vou usar milão de cidade base, lá só quero ver a última ceia,duomo,o castelo sforzesco e a galeria vittorio acredito que em 1 dia vejo tudo isso.

As ruas pelo que vi no google maps, são parecidíssimas com as ruas do bairro do Brás aqui de são paulo, largo da concórdia e avenida são joão.

Queria pegar um hotel perto da estação de trem centrale, mas passou um ar de que o lugar é zona de prostituição com tráfico de drogas.

E segundo pesquisas que fiz no trip advisor, muita gente perdeu a diária paga nestes hotéis, pois quando chegaram lá desistiram devido a precariedade do lugar.

Realmente achei milão muito feia pelo caminho virtual do google maps 10x pior do que São Paulo e olha que nem sou fã de São Paulo.

Cidade muito suja,pichada e tumultada vi carros quase em cima de outros.

Como típico paulistano pretendo passar despercebido por milão afinal já sou acostumado com cidades grandes.

Roma pelo que vi vai ser outro porre também é a cara do Brás e milão. rs

Abcs.

MegaRic4 disse...


Vou fazer de milão minha cidade base.

Quero conhecer lá só: o duomo,castelo sforzesco,galeria vittorio e a última ceia acredito que em 1 dia faço isso.

Milão parece o largo da concórdia que fica no bairro do Brás em São Paulo.

Outras ruas de milão lembram a avenida são joão com a avenida angélica centro de São Paulo.

Fiz um tour virtual pelas ruas de milão atravé do google maps e achei um lixão 10x pior do que São Paulo.

Ia pegar um hotel que se chama soperga, perto da estação central de trem, mas passou um ar de ser reduto de prostituição e tráfico de drogas.

Pesquisando pelo trip advisor, vi que muita gente quando chegou no local desistiu devido a precariedade e desta forma perdeu a diária paga.

Realmente milão é um lixão, Roma pelo que vi vai ser outro porre também.

Como típico paulistano pretendo passar despercebido por milão, afinal já estou acostumando com cidades grandes.

Só que achei milão muito suja,pichada e vi carros quase um em cima do outro.

Acredito que 1 dia em milão já basta.

De lá quero ir em modena museu da ferrari,lago di como,verona e veneza.

Não sei se fico no hotel em milão fazendo bate volta ou io mi vado di una vecce.

Dri Bics disse...

Olá! Adorei seu post! E sabe porquê? Nunca fui a Milão, porque é uma cidade que nunca me atraiu! Sempre que pesquiso, descubro que nada me chama a atenção, e, como você disse, vou a outro lugar. Já conheci lugares bem fora do comum para brasileiros, como Países Bálticos, Croácia, etc, e nunca cheguei a Milão. Bom, dessa vez quero ir aos Lagos de Garda e di Como. Nesse caso devo pegar o avião de volta em Milão...então, lá vou eu ver essa cidade que só vejo Duomo ou a Galeria como pontos interessantes...